PROVOU DO PRÓPRIO VENENO: Escritor que desejou a morte do presidente Bolsonaro morreu de Covid 19; veja postagem


Autor do livro O Sobrevivente, o escritor Sérgio Sant’Anna se tornou mais uma vítima do novo coronavírus neste domingo (10). Ele estava internado em um hospital particular na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde morava, desde o dia 3 de maio.

Após a notícia de sua morte, que foi dada pela irmã do escritor, a página do Facebook de Sérgio Sant’Anna recebeu muitas mensagens de pêsames, mas algumas delas retomaram uma publicação de Sant’Anna contra o presidente Jair Bolsonaro.

Na postagem feita no dia 3 de abril, o escritor, que era contra o atual governo, também acusava Deus de ser injusto ou inexistente.

– Se houvesse justiça divina o coronavírus dizimaria todo o clã Bolsonazi e seus sequazes, o nano general Mourão, Donald Trump e um monte mais. Como Deus não existe, ou é indiferente, morrerão mesmo os pobres – afirma a publicação.

A postagem está ativa e o compartilhamento dela dividiu a opinião de usuários da rede social.
Sérgio Sant’Anna era crítico do governo Bolsonaro 

Postar um comentário

0 Comentários