NEM GLOBO NEM BONNER: Menina de 9 anos viraliza na web com jornal sobre coronavírus; veja vídeo

Quem nunca brincou quando criança de ter o próprio telejornal? Na última semana, uma menina de 9 anos viralizou na web com um vídeo apresentando um jornal com notícias sobre o coronavírus.

Yana Brandão mora em Pindoretama e gravou o vídeo de forma caseira apenas com um celular e texto escrito pelo avô. Na produção, inspirada no Jornal Nacional, ela mesma atua como âncora, repórter e editora.

Tudo começou quando ela precisou fazer um trabalho para a escola em que gravou dissertando uma redação. Surpresos com a desenvoltura de Yana, os colegas e professores disseram que ela "tinha jeito para ser jornalista".

Tia da jornalista-mirim, Sarah Brandão, conta que a família nunca havia percebido a vocação de Yana. "Ela sempre foi muito 'pra frente', muito falante, mas a gente nunca tinha notado isso", diz.

Yana sempre se destacou por ser falanteArquivo pessoal
A repercussão do vídeo, portanto, assustou os familiares. "De início, a gente achou engraçado, porque primeiro ela postou no grupo da família. Depois meu primo publicou no Twitter, a gente ficou meio assutado, mas a gente tá achando divertido", afirma.

Para Yana, que não esperava viralizar, o resultado da brincadeira tem sido bem legal. "Tenho recebido vários elogios, as pessoas vem falar comigo no Instagram".

Apesar de ter gostado da experiência, a menina não pretende seguir na carreira jornalistíca e revela querer ser enfermeira. No entanto, a brincadeira segue e Yana já publicou a segunda edição do Jornal da Família.

Nesse segundo vídeo, a menina incentiva o uso das máscaras e parabeniza os profissionais que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

Clique no perfil para assistir o vídeo

Postar um comentário

0 Comentários