MORTES NA ESTRADA: Colisão entre dois veículos deixa cinco mortos e oito feridos

Colisão ocorreu em uma estrada de Mogi das Cruzes e deixou 5 mortos
Um acidente grave entre dois veículos deixou cinco mortos e oito feridos por volta das 21h do domingo (24), na Estrada Fujitaro Nagao, em Mogi das Cruzes, região metropolitana de São Paulo.

Pai, mãe, que estava grávida, e filho, estavam em uma festa, dentro de uma chácara, quando decidiram ir embora. Um amigo da família juntou-se a eles para pegar carona.

No retorno à residência, o pai, dirigindo um carro modelo Volkswagen Fox, perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária em um trecho perigoso da estrada, uma descida em curva.

Durante a manobra, ele colidiu de frente com uma caminhonete, onde estavam oito pessoas, sendo quatro delas crianças.

Fox

O motorista Márcio Fernando Seixas, de 41 anos, o filho Gabriel Fernando, 17, e a esposa Aline Ribeiro, que estava grávida de 8 meses, morreram na hora.

O Corpo de Bombeiros tentou fazer o parto da criança. Segundo a corporação, após a cesárea, nasceu uma menina que não resistiu e morreu momentos depois.

Os Bombeiros precisaram retirar partes do veículo, como portas e bancos, para conseguir retirar as vítimas do interior do automóvel. Márcio e Aline ficaram presos nas ferragens.

Desta forma, dos cinco passageiros do Fox, quatro morreram no acidente. Somente Felipe, de 18 anos, sobreviveu. Ele era amigo da família e havia pegado carona na saída da festa.

Ele informou à Polícia que todos estavam em uma confraternização e que, durante a reunião, Márcio, o motorista, havia ingerido bebida alcóolica. Felipe foi encaminhado ao Hospital Luzia de Pinho Melo, e passa bem.

Caminhonete

Dentro da caminhonete estava o motorista Lucas Alberto Araújo Godoy, a mãe Priscila Takumi Godoy, Liz Harume Takumi, de 4 anos, Kenji Takumi de 4 anos, Erika Takumi, de 33 anos, Estela Takumi, de 10 dias, e Fabio Takumi. Todos eles sobreviveram. Mas Benjamin Iudi Takumi, de 4 meses, morreu.

Após a colisão, o pai percebeu que a criança estava desacordada. Um ônibus próximo do local do acidente levou o bebê para a Santa Casa de Mogi das Cruzes, mas ele não resistiu.

Os feridos foram encaminhados para o Hospital Ipiranga e o Hospital Santana, ambos particulares.

O local do acidente chegou a ser interditado para perícia e, após duas horas, foi liberado. O caso foi registrado no 1ºDP de Mogi das Cruzes. A Polícia Civil vai agora investigar a real causa do acidente.

Postar um comentário

0 Comentários