É SÓ ALEGRIA: Prefeito decreta isolamento e aparece em festa com várias pessoas; veja vídeo

Prefeito aparece em festa, mas diz que queria acabar com ...
O prefeito de Turvelândia, Siron Queiroz (Solidariedade), aparece em um vídeo que mostra pessoas aglomeradas durante uma festa, realizada na cidade do sudoeste de Goiás.

Apesar de estar com uma lata de cerveja na mão e pulando junto com os outros convidados, ele informou que não participou do evento e que seu intuito era acabar com a junção de pessoas

O episódio ocorreu no último sábado (16), em um rancho. È possível ver nas imagens, várias pessoas juntas cantando e pulando em frente a uma mesa enfeitada e com um bolo.

Queiroz aparece do lado direito da imagem, de camiseta laranja. Ele segura a mão de uma mulher, pula algumas vezes, mas, depois, sai do enquadramento. Nenhum dos presentes usa máscara de proteção.

Conforme registra o G1 do vídeo, a assessoria do prefeito negou que ele participou da festa e afirmou, em nota, que ele passava pelo local de canoa quando viu a confraternização, parou e conversou com as pessoas com o intuito de “acabar com a aglomeração”.

Em decreto para tentar conter a disseminação do coronavírus, publicado no dia 20 de abril, o prefeito determinou à população que “evite locais com grandes aglomerações de pessoas” e com “grande fluxo de pessoas, mantendo-se o maior tempo possível em suas residências”.

Nota resposta do prefeito Siron Queiroz:

O prefeito Siron Queiroz esclarece que no último sábado estava de canoa em um rio do município de Turvelândia quando se deparou com uma comemoração em um rancho. Ele parou e falou com as pessoas com o intuito de acabar com aglomeração. O prefeito deixa claro que ele não participou da festa.

Depois do ocorrido, Siron alinhou com a equipe da Secretaria de Saúde e a Vigilância Sanitária que estendesse a fiscalização, que já existe na cidade, para todos os ranchos do município, notificando os proprietários para que esta situação não se repita.

O prefeito reforça que o município de Turvelândia segue todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e todos os decretos do Governo de Goiás. Na cidade não existe nenhum caso confirmado ou suspeito de Covid-19.

A proximidade do período eleitoral tem despertado provações políticas e fora do contexto da pandemia. Os ânimos estão acirrados e os opositores estão criando situações que não são verídicas com o único intuito de prejudicá-lo politicamente.

Postar um comentário

0 Comentários