COVID-19: Cientistas mapeiam e criam substância que inibe multiplicação do novo coronavírus

Resultado de imagem para covid-19
Cientistas alemães encontraram o que pode ser um “ponto fraco” do novo coronavírus após realizarem o mapeamento da estrutura da molécula responsável pela replicação do vírus.

A pesquisa, publicada na sexta-feira (20) na revista Science, chegou ao resultado positivo após teste em ratos. Foi detectada a interrupção da multiplicação do Sars-Cov-2 a partir do uso de medicamento desenvolvido pela equipe liderada por Linlin Zhang, pesquisadora da Universidade de Lubeck.

Para a análise estrutural das proteínas do vírus, foi realizada inicialmente a técnica conhecida como cristalografia de raios-X, que avalia moléculas de forma minuciosa por meio de radiação eletromagnética.

A partir daí, foi possível identificar a enzima responsável pela reprodução do novo coronavírus, chamada Mpro ou 3CL. Com essa informação em mãos, os cientistas passaram a trabalhar na fórmula que agiria como bloqueador do Sars-Cov-2.

Em camundongos, o teste de inalação com a substância chamada 13b foi bem tolerada e não resultou em reações adversas. Não há previsão de que o tratamento seja aplicado em humanos.

Postar um comentário

0 Comentários