DANE-SE A MERITOCRACIA; Repórter de 'O Antagonista' diz que dinheirama trazida por Marcos Rogério a Rondônia foi obtida sem critérios claros

Meritocracia? Repórter de 'O Antagonista' diz que dinheirama trazida por Marcos Rogério a Rondônia foi obtida sem critérios claros
O senador de Rondônia Marcos Rogério, do DEM, é manchete no site de notícias nacional "O Antagonista". Em reportagem especial assinada tanto por Diego Amorim quanto pelo jornalista Cezar Feitosa, a matéria fala sobre uma espécie de "Clube VIP do Congresso", onde, de acordo com a veiculação, o demista teria usado sua influência junto ao presidente do Senado David Alcolumbre, do mesmo partido, só que do Amapá, a fim obter recursos em monta milionária a seu estado de origem.

Trecho da matéria, reproduzido a seguir, diz que o senador irá concorrer ao Governo de Rondônia:

"No apagar das luzes de 2019, o MDR empenhou R$ 36,6 milhões em convênios para Rondônia. Somente para Porto Velho, a capital, foram empenhados R$ 14,3 milhões para, por exemplo, “iluminação em área rural”, “pavimentação asfáltica”, “construção de praças” e “reforma nos mercados municipais”. Outros 18 municípios serão beneficiados. Rogério quer ser governador de Rondônia em 2022 e usou o acesso a Alcolumbre para se cacifar neste ano de eleições municipais. Ele disse à nossa reportagem que não vê problema em ter sido privilegiado na alocação de recursos do MDR. E ainda jogou a responsabilidade para o governo".

LEIA A ÍNTEGRA EM
Exclusivo: de olho em 2022, senador se valeu do acesso a Alcolumbre para garantir verba extra do MDR

No Twitter, Amorim, um dos autores da notícia, insinuou que o congressita eleito por Rondônia entende como "meritocracia" garantir verba extra em Brasília "sem critérios claros" e "nas vésperas do Natal e Ano Novo".


rondoniadinamica

Postar um comentário

0 Comentários