BOLSONARO 4 X 0 DILMA: A herança maldita da Dilma, inflação 10,67% Bolsonaro 3,25%



O atual presidente está se livrando da verdadeira herança maldita: inflação com Dilma, 10,67%, com Bolsonaro, 3,25%. Augusto Nunes:

Em 2015, primeiro ano do segundo mandato de Dilma Rousseff, o índice da inflação ultrapassou a barreira dos dois dígitos: 10,67%. Em 2019, primeiro ano do governo Jair Bolsonaro, caiu para 3,25%.

Em 2015, a taxa básica de juros era de 14,25%. Em 2019, despencou para 4,50% (e acaba de baixar para 4,25%).

Com Dilma, o risco-país atingiu 242,84 e o Ibovespa não foi além de 43.349. Com Bolsonaro, o primeiro indicador foi reduzido a 97. E o segundo subiu para 112 mil.

Dilma recita de meia em meia hora que Bolsonaro está destruindo o legado que herdou. O confronto dos números e índices que medem a saúde financeira de um país informa que o atual presidente vem apenas se 
 livrando da verdadeira herança maldita.

BLOG ORLANDO TAMBOSI

Postar um comentário

0 Comentários