ESPÉCIE RARA: Maior serpente do Brasil vai ficar no Zoológico de Brasília; veja vídeo

Uma sucuri-verde é a mais nova aquisição do serpentário do Zoológico de Brasília. A partir de segunda-feira (13/1), o público poderá conhecer a fêmea, da espécie Eunectes murinus, a maior serpente do país. 

Segundo a Fundação Jardim Zoológico, a cobra é um filhote fêmea de 6 meses de idade, que foi resgatada pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama. Quando adulta, a espécie pode pesar até 100 kg e medir seis metros de comprimento. Em geral, as fêmeas são maiores do que os machos.

A serpente é constritora, e, na natureza, é comum ser encontrada em áreas alagadas e de alta vegetação. Apesar de se alimentar de todos os grupos de grandes vertebrados, segundo o Zoo, não passa de mito a história de que a sucuri consegue engolir um boi adulto inteiro.

O nome


O público poderá ainda escolher o nome do filhote. Está aberta a votação para o nome da serpente, no Instagram do Zoológico. A opções são: Sogra, Nagini (a cobra dos livros da saga Harry Potter), Eva, Ekans (em referência a um Pokemón), Oliva, e Caipora.

Postar um comentário

0 Comentários