INVASÃO DE TERRITÓRIO: Exército Brasileiro prende 5 militares venezuelano em terra indígena em Roraima

O ministérios da Defesa e das Relações Exteriores informam nesta sexta-feira (27) que encontraram cinco militares militares venezuelanos durante patrulhamento na região da terra indígena de São Marcos, ao Norte de Roraima.

A fiscalização de missão era feita pelo Exército quando os militares foram encontrados, nessa quinta (26).

Os cinco estavam estavam desarmados e foram conduzidos à capital Boa Vista, onde estão sendo entrevistados.

De acordo com os dois ministérios, "o Exército Brasileiro intensificou o patrulhamento na região da faixa de fronteira."

Ainda não foram esclarecidas em que circunstâncias esses militares venezuelanos estavam. A identidade deles ainda não foi divulgada.

No último dia 22, um militar venezuelano morreu durante invasão a um destacamento da Força Armada venezuelana. O caso ocorreu em Gran Sabana, uma das principais zonas turísticas no Sul da Venezuela, região que faz fronteira com Roraima.

Após o episódio, o ministro venezuelano da Comunicação, Jorge Rodríguez, disse que os invasores foram "treinados em acampamentos paramilitares plenamente identificados na Colômbia" e "receberam a colaboração do governo de Jair Bolsonaro".

Rodríguez, no entanto, não apresentou provas do envolvimento brasileiro. O Itamaraty negou qualquer envolvimento do Brasil na invasão.

Postar um comentário

0 Comentários