PERDEU UM EGG: Homem perde testículo por erro médico e será indenizado em R$ 20 mil

Um homem ganhou um processo contra um médico e um hospital particular de Ceilândia (DF) após perder um dos testículos por erro médico. A decisão é da 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT). 

A vítima e sua mãe alegam que, em agosto de 2014, procuraram atendimento para o menor, à época com 15 anos, por sentir fortes dores nos testículos. Na ocasião, ele foi medicado para dor, sem exames laboratoriais ou por imagem, o que, na opinião da família, permitiu falha no diagnóstico.
Eles então procuraram outro hospital onde, após exame de ultrassom, constatou-se uma torção do testículo e a necessidade de cirurgia de urgência. Os pais, então, retornaram ao primeiro hospital para tratar da falha inicial e porque o caso não podia ser atendido pela rede pública de saúde naquele momento. 

Já o médico e o hospital pediram a anulação da sentença. Eles afirmam que realizaram a cirurgia para a retirada do testículo do adolescente e dizem que não foi constatada qualquer sequela, não houve comprometimento das funções hormonais e reprodutivas, nem alteração na atividade reprodutiva ou sexual. 

O laudo pericial destaca que o jovem foi atendido no hospital após apenas três horas do início dos sintomas e o fato de ter sido medicado e encaminhado para casa foi determinante para causar a necrose testicular. 

De acordo com o perito, só dois dias depois do primeiro atendimento os médicos esclareceram aos familiares a possível necessidade de se retirar o testículo do adolescente. 

O laudo concluiu que houve negligência e imprudência no atendimento prestado pelo hospital e que há responsabilidade entre os atos mesmo que só um testículo não comprometa as funções hormonais e reprodutivas do rapaz. 

A 5ª Turma Cível do TJDFT definiu que os danos morais, que antes eram de R$ 15 mil, devem mudar para R$ 50 mil, além de R$ 20 mil pelos danos estéticos...
 - 


Postar um comentário

0 Comentários