MENOS UM CPF: Morreu “Marcelo Bate-estaca”, bandido perigoso baleado durante perseguição


Morreu na madrugada desta terça-feira (24), Marcelo Brito Torres, 35 anos, vulgo “Bate-estaca”, bandido perigoso, acusado por roubos e homicídios e que estava internado após confronto com a Polícia Militar na madrugada do último dia 18, no Bairro Três Marias, na Zona Leste de Porto Velho.
“Bate-estaca” teve complicações após cirurgia realizada na UTI do Hospital e Pronto Socorro João Paulo II.

O criminoso era temido por suas ações criminosas em roubos e execuções e investigado por várias delegacias, inclusive a de homicídios que tinha vários inquéritos, que o apontavam como mandante de execuções contra seis inimigos.

Postar um comentário

0 Comentários