CARROÇAS X TECNOLOGIA: Usuário de ônibus de Fortaleza pode pagar passagem com cartão de crédito/débito, em porto Velho nem ônibus tem

O passageiro de transporte coletivo de Fortaleza vai poder pagar as passagens utilizando um cartão pré-carregado com o valor de R$ 5 ou com cartão de crédito e débito por meio do aplicativo Meu Ônibus.

Cartão pré-pago


A primeira alternativa, o cartão pré-pago, servirá para os passageiros que não estiverem com nenhuma opção de passagem eletrônica no momento do embarque (vale-transporte eletrônico, vale eletrônico avulso, carteira de estudante, bilhete único, entre outros). Segundo o Sindiônibus, para este público sem algum crédito eletrônico, o motorista terá disponível um cartão ao custo de R$ 5.

O cartão pré-carregado é feito de um material mais frágil e para uso emergencial, diferentemente dos demais cartões de passagens, e o usuário pode receber de volta o saldo remanescente da primeira recarga R$ 1,40 (R$ 5 menos R$ 3,60 da tarifa) nos terminais de ônibus, mas também pode usá-lo novamente fazendo mais recarga. Ele estará em toda a frota de autoatendimento a partir de outubro de 2019.

App Meu Ônibus

A segunda opção é o App Meu Ônibus em que o passageiro poderá pagar o bilhete por meio do aplicativo, que pode ser baixado gratuitamente pelo aparelho celular. A ferramenta mostra também em tempo real a chegada do ônibus.

O aplicativo tem a opção de fazer a recarga on-line de carteiras de estudante, vale-transporte avulso e Bilhete Único. O usuário poderá pagar com cartões de crédito da bandeira Visa, Master ou Elo. O Sindiônibus lembra que o pagamento também pode ser feito com débito em conta. Ainda por meio do aplicativo, o usuário poderá acionar o botão Nina para denúncias de assédio sexual sofrido ou presenciado dentro do transporte coletivo.

Passo a passo pelo celular

Ao baixar o aplicativo vai aparecer na tela do seu celular a opção "Recarga Online".
Ao clicar em "Recarga Online", no Aplicativo Meu Ônibus, você será direcionado para um pequeno cadastro, necessário na primeira vez, para criar login e senha.
Você cadastra o seu cartão de transporte (Bilhete Único, carteira de estudante ou Vale Avulso).
Em seguida cadastre um cartão de crédito (visa, master ou elo) e compre suas passagens eletrônicas.
Em poucos minutos seus créditos serão carregados ao aproximar o seu Bilhete Único, carteira de estudante ou Vale Avulso no validador do coletivo.

Distribuição de cartões


Dez mil cartões de passagens (Vale-Transporte Eletrônico Avulso) serão entregues nesta quinta-feira e sexta-feira (20) gratuitamente para o usuário que deseja realizar a carga inicial de R$ 5. Uma equipe estará nas ruas identificada com a frase "Tá sem cartão? Fale comigo" tirando dúvidas dos passageiros. A distribuição dos cartões avulsos vai ocorrer nas estações do BRT, Metrô de dentro dos ônibus.

Unidade Móvel do Bilhete Único


A Unidade Móvel da Etufor, em parceria com o Sindiônibus, vai atender o cadastro de primeira via de um dos cartões aceitos no transporte coletivo - o Bilhete Único nos seguintes locais:
Sexta-feira (20) - 8 às 13h - próximo à Torre de Segurança, Bairro Vila Velha.
Quarta-feira (25) - 8 às 12h - próximo ao Colégio Raio de Luz, Bairro Caça e Pesca.
Quinta-feira (26) - 8 às 12h - próximo ao Colégio Raio de Luz, Bairro Caça e Pesca.
Sexta-feira (27) - 8 às 13h - próximo à Escola Yolanda Queiroz, Bairro Alto da Balança.
Sábado (28) - 8 às 13h - Pracinha do Polar, Bairro Vila Velha.

Queda no número de assaltos

Segundo dados do Sindiônibus, em 2018 ocorreu o menor número de assaltos dos últimos seis anos e em 2019 mantém a tendência da queda. De acordo com o órgão, vários motivos podem justificar a diminuição.

Primeira é que a segurança dentro dos coletivos priorizando áreas e horários e baseando-se em estatísticas e inteligência. Os estudos mostram que sem o dinheiro certo do cobrador, tem diminuido também o assalto a passageiros. Em agosto de 2018 quando não existia nenhum ônibus de autoatendimento, ocorreram 132 assaltos a ônibus/passageiros. No mesmo período desse ano, agosto/2018, foram 33 assaltos a ônibus/passeiros. Ou seja, uma queda de 75%.

Reaproveitamento dos cobradores

Os Recursos Humanos do Sindiônibus e das empresas de ônibus associadas em parceria com o Sest Senat estão capacitando os cobradores. Com isso, as empresas estão reaproveitando os profissionais.

O Projeto de Requalificação dos Cobradores levanta informações sobre a categoria e por meio da escolaridade, perfil mercadológico e áreas de interesse em trabalhar, possibilita o profissional a trabalhar em outras áreas de atuação.

A maioria das promoções realizadas foi para as funções de motorista, auxiliar de operações, amnobrista, eletricista, porteiro, auxilar administrativo, lanterneiro, borracheiro, auxiliar de tráfego, vistoriador, técnico de segurança do trabalho, entre outras.

Postar um comentário

0 Comentários