ARDENDO EM CHAMAS; Residência pega fogo por sorte niguém se feriu; veja vídeo

Reprodução

Um incêndio atingiu uma casa na manhã desta quinta-feira (19/09/2019) na 711 Sul. O Corpo de Bombeiros informou que não há vítimas. Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra as chamas altas. A fumaça também podia ser vista de longe, o que acabou assustando quem passava pelo local.

Os proprietários da casa estavam tomando café quando o incêndio começou, na área externa do imóvel, onde há um escritório e uma academia, no andar de cima. De acordo com os bombeiros, uma telha de plástico pegou fogo. A corporação foi acionada às 8h45. Os militares conseguiram controlar as chamas e o casal, que estava no imóvel, não se feriu.

clic na imagem para ver o vídeo
Um incêndio atingiu uma casa na 710 Sul, em Brasília. Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido. Aguarde mais informações.
Veja outros Tweets de Metrópoles

Vídeo. Incêndio atinge casa e assusta moradores da Asa Sul
Abrir em Tela Cheia

Segundo a corporação, não há informações sobre as causas das chamas. No imóvel moram uma mulher e dois homens e nenhum deles estava no local no momento do acidente. Ainda de acordo com o CBMDF, os moradores têm um gato, que foi resgatado. A informação inicial de que havia três felinos foi retificada pelos militares.

Por volta das 18h30, as chamas tinham sido controladas e os militares faziam o trabalho de resfriamento do imóvel. Ao todo, 38 bombeiros e 10 viaturas participam da ação.

O CBMDF informou que o incêndio foi de média proporção. Foram consumidos pelo fogo a sala e dois quartos. O banheiro só foi atingido pela densa fumaça que se espalhou pelo local.

Não foi necessário fazer evacuação do prédio todo, apenas da prumada. Os próprios moradores foram descendo. Ainda não há definição de quando o acesso será liberado.
Veja vídeos e fotos:



A designer Janaína Carvalho, 42 anos, é moradora do bloco e se assustou com as chamas. “Eu cheguei mais cedo do trabalho e, quando percebi, já tinha fogo saindo da janela e invadindo os quartos. Quando desci, vi que, pelo menos, já tinham chamado os bombeiros”, conta.

Ela chegou a morar no apartamento que foi parcialmente consumido pelas chamas até maio deste ano, quando se mudou para outra residência no mesmo bloco.

Foi ela quem avisou ao Corpo de Bombeiros que havia uma gata no local. “Por eu ter morado tanto tempo lá, meu gato às vezes ainda volta para a antiga moradia. Ainda mais que o novo morador também tem uma gata. Na mesma hora eu lembrei dela”, relata.

Postar um comentário

0 Comentários