SEQUESTRO SOBRE O MAR: Sequestradores mantém reféns em ônibus na ponte Rio-Niterói

Um ônibus foi parado e os passageiros são ameaçados por um homem armado na Ponte Rio-Niterói, que liga as duas cidades do estado do Rio de Janeiro, por volta das 5h45 da manhã desta terça-feira (20). Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar estão no local.

Ainda não se sabe a motivação do sequestrador e nem quantos passageiros estão no veículo.Segundo o portal G1, o homem mandou o motorista parar o transporte no sentido em direção ao Rio. Ainda não há informações sobre vítimas. Um telefone celular foi repassado de dentro do ônibus para a PRF, numa ação rápida.

Às 6h30, um objeto em chamas foi jogado para fora. do veículo. Por volta das 6h40, uma segunda passageira foi liberada do veículo aparentando estar em estado de choque. Outra mulher já havia dido liberada mais cedo. Às 7h05, foi a vez de um homem deixar o ônibus.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) chegou ao local por volta das 6h55 com negociadores para tentar um contato com o sequestrador.

De acordo com a PRF, o suspeito se identificou como policial militar. "Ele parou o ônibus da Galo Branco na Ponte Rio-Niterói. Ele está ameaçando jogar gasolina no ônibus, colocando os passageiros em perigo. Estamos em negociação com ele para liberar mais reféns, não sabemos qual o real propósito dele", disse a porta-voz da PRF, Sheila Sena.

O ônibus faz uma linha que sai da cidade de São Gonçalo, na Região Metropolitana, e vai até o Bairro Estácio, na região central do Rio.

A via foi boqueada e um grande congestionamento se formou nos acessos à Ponte Rio-Niterói.

Postar um comentário

0 Comentários