SE LIVRANDO DOS ENTULHOS: Guedes anuncia privatização de 17 empresa até fim do ano


O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou na noite desta terça (20), que vai privatizar 17 empresas até o fim do ano de 2019. Ele informou que o anúncio oficial deve acontecer nesta quarta (21), e que empresas grandes estarão incluídas no planejamento.

Entre as declarações de Guedes, que aconteceram durante um evento do jornal Valor Econômico, em São Paulo, estão a de que o governo pretende acelerar o processo de privatização. O ministro não quis adiantar quais seriam as empresas incluídas na lista, mas disse que elas não vão encerrar esse ano.

– As coisas estão acontecendo devagarzinho, vai uma BR Distribuidora aqui, daqui a pouco vem uma Eletrobras, uma Telebras, daqui a pouco vem também os Correios, está tudo na lista. Amanhã deve ser anunciado umas 17 empresas só para completar o ano. Ano que vem tem mais – disse.

Durante a fala, o ministro elogiou a fusão de brasileira Embraer com a americana Boeing, do ramo de fabricação de aeronaves. Ele fez questão de reforçar que o Brasil está conversando com americanos e chineses para estabelecer acordos comerciais.

Apesar de Guedes não ter confirmado oficialmente quem são as 17 empresas a serem privatizadas, o portal Poder 360 divulgou a lista, confira:
Empresa Gestora de Ativos (Emgea);
Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF);
Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro);
Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev);
Casa da Moeda;
Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp);
Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasaminas);
Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU);
Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A. (Trensurb);
Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa);
Empresa Brasil de Comunicação (EBC);
Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec);
Telebras;
Correios;
Eletrobras;
Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex);
Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

Postar um comentário

0 Comentários