MULTA E PRISÃO: Caminhoneiro não gostou de ser multado, quebra radar e acaba preso



Um homem de 29 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal do Acre (PRF-AC) na madrugada dessa quinta-feira, 4, depois de destruir propositalmente a central do radar de velocidade localizado no quilômetro 98 da BR-364, situada na região conhecida como “Quatro Bocas”. Através de uma denúncia anônima, a equipe da PRF soube que o radar havia sido destruído por um condutor que dirigia um caminhão.

Foi então que os policiais localizaram imagens de câmeras de segurança e se deslocaram para a estrada para capturar o condutor. Após intensas buscas, conseguiram encontrar o caminhão no município de Senador Guiomard. Ao abordar o dono do veículo, o mesmo afirmou que já sabia o motivo de ter sido localizado.

Ele contou aos PRFs que havia destruído a central do radar porque tinha sido multado por excesso de velocidade na rodovia federal. O homem de 29 anos de idade recebeu voz de prisão e foi conduzido com o caminhão para a Delegacia da Polícia Federal, em Rio Branco.

De acordo com o Art. 163 do Código Penal, a pena para quem destrói bem público (do povo) pode variar de detenção de seis meses a três anos, além de multa. “Radar de velocidade é bem de todos, arcado com os impostos dos cidadãos, tem a função de evitar acidentes e mortes no trânsito, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro”, informa a PRF.


ac24horas

Postar um comentário

0 Comentários