CARONA PERIGOSA: Passageiro clandestino cai do trem de pouso antes a aterrissagem

Aviões da Kenya Airways estacionados no aeroporto Jomo Kenyatta, perto de Nairóbi, capital do Quênia — Foto: Thomas Mukoya/Reuters
Um suposto passageiro clandestino caiu de um avião da Kenya Airways que sobrevoava o sudoeste de Londres neste domingo (30). A polícia acredita que ele tenha morrido enquanto viajava em um compartimento do trem de pouso da aeronave, que partiu de Nairóbi, capital do Quênia, para um voo de quase nove horas.

Após a aeronave aterrissar, foram achados no trem de pouso uma bolsa, água e um pouco de comida.

A queda ocorreu no jardim de uma casa enquanto o avião se preparava para aterrissagem no aeroporto de Heathrow, principal terminal aéreo internacional da capital britânica. Um homem pegava sol no jardim no momento, de acordo com vizinhos.

Sob anonimato, um vizinho disse que o corpo atingiu o solo a cerca de apenas um metro do morador.

"Ele foi muito sortudo de não ser atingido e morto. O impacto destruiu o corpo. Ele [o vizinho] nem se deu conta do que era a princípio. Ele estava dormindo e então houve um grande impacto", disse o vizinho ao jornal "The Sun".

A polícia informou em um comunicado que recebeu um chamado para ir até uma casa no domingo após um corpo ser encontrado. O homem não tinha sido identificado foi identificado até a última atualização desta reportagem.

A companhia aérea Kenya Airlines também emitiu uma nota. "É lamentável que uma pessoa tenha perdido a vida ao embarcar clandestinamente em uma de nossas aeronaves, e expressamos nossas condolências", afirmou a companhia em um comunicado.

Postar um comentário

0 Comentários