ADEUS A MÚSICA: Ex-cantora de forró que estava grávida de sete meses morre de causa desconhecida

Em Fortaleza, a ex-cantora Maria Eliane de Castro de Silva, 32, conhecida no forró por Eliane Castro, faleceu grávida de sete meses nesta quarta-feira (26). A família aguarda análise do corpo pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para saber a causa da morte. Segundo familiares, desde de terça-feira (25), Eliane reclamava de dores e sofria com febres. Natural do município de General Sampaio, distante 129 km da capital cearense, Eliane passou pelas bandas de forró Amor Real, Pé de Ouro e Xodó de Amor.

Segundo Leonardo Castro, irmão de Eliane, ela estava muito empolgada com a chegada do primeiro filho. “No último sábado (26), foi o chá de baby. O marido dela falou que ela começou a se sentir mal na festa. Eliane estava febril e se sentindo fraca. Passou o evento todo sentada. Quando foi na terça-feira, ela amanheceu pior com manchas vermelhas no corpo. O médico examinou e falou que era uma virose. Na quarta-feira, amanheceu com o corpo com manchas vermelhas e ela não resistiu”. Ex-cantora Eliane Castro integrou as bandas de forró Amor Real, Pé de Ouro e Xodó de Amor. (Foto: Arquivo Pessoal)

Eliane chegou a ser atendida em um posto de saúde e em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Canindezinho. “Fizeram uma cessaria rapidamente, só que o médico falou que a criança já havia falecido. Estão examinando ainda a causa da morte”, declarou o irmão da ex-cantora de forró.

Atualmente, Eliane trabalhava em uma loja de fogos de artifícios em Fortaleza. Ela havia deixado o forró após entrar em uma igreja evangélica. A família morava no bairro Canindezinho. Conforme o irmão, ela havia ganhado um prêmio em um concurso gospel recentemente. “Ela estava muito feliz. Tudo na vida dela estava dando certo. A gravidez era um sonho. Ela já havia tentando ter filho um tempo atrás, mas também morreu antes de nascer”. O velório de Eliane Castro acontece em Fortaleza até às 16h. O corpo será enterrado em um cemitério de General Sampaio.

Postar um comentário

0 Comentários