O FILME SE REPETE: Comunidade ameça interditar BR 319 por falta de transporte escolar; vídeo


Um grupo composto por pais de alunos das escolas da zona rural de Porto Velho localizadas nas áreas ligadas à BR-319 realizou uma verdadeira peregrinação pelos órgãos públicas da capital durante a manhã desta terça-feira (16) na busca de resposta sobre quando as crianças poderiam iniciar o ano letivo de 2019, que está comprometido em decorrência da ausência do serviço de transporte escolar rural desde 2018.

Impacientes, os pais amanheceram o dia em frente à sede do Ministério Público Estadual – MP/RO, onde após uma pequena manifestação foram recebidos na porta do órgão público pelo promotor Marcelo Lima, que afirmou à comunidade entender a solicitação deles, porém, que o MP já havia se posicionado em relação ao caso e o melhor a se fazer era o grupo procurar as instituições executivas e de fiscalização do Município.

Após a conversa com o promotor na porta do MP, a comunidade acatou sua indicação e seguiu até Secretaria Municipal de Educação – Semed. De acordo com eles, apenas iriam embora com uma definição de quando os ônibus seriam entregues, caso contrário uma grande manifestação com o bloqueio total da BR-319 no perímetro da cidade de Porto Velho iria acontecer.

No local, os pais conseguiram uma reunião com o secretário de Educação, Márcio Felix, e com os vereadores integrantes da Comissão de Transporte Escolar, que acompanham todo o desenrolar da história, buscando um meio mais eficiente e menos danoso à comunidade para resolver essa questão.

No início o debate estava acalorado, revoltados com a atual condição de abandono de seus filhos pelo poder público, os pais desabafaram para as autoridades presentes falando de todo prejuízo e frustação que estão passando por causa desse problema.

Depois de um longo debate os pais chegaram a um consenso com os representantes do município e marcaram o retorno das aulas e do serviço de transporte escolar na região para o próximo dia 29 de abril, sendo que ainda no dia 26 de abril, o secretário se comprometeu em apresentar a frota que irá realizar o serviço na região para avaliação da comunidade.

Apesar de todos os pesares, a comunidade saiu satisfeita da reunião, porém deixaram um compromisso com as autoridades, se caso o prazo for mais uma vez descumprido pela prefeitura, eles fecharão a BR-319 até a solução final do problema.

rondoniaovivo

Postar um comentário

0 Comentários