CHOVE, CHUVA: Salas com goteiras obriga alunos assistirem aulas com guarda-chuvas

Alunos da Escola Municipal Antônio Tibúrcio, no Alto Santa Terezinha, na Zona Norte do Recife, enfrentaram dificuldades para assistir a aulas devido a goteiras. O transtorno levou os estudantes a abrirem guarda-chuvas dentro da sala de aula para evitar molhar livros e cadernos. O problema foi resolvido um dia após o ocorrido, segundo a Prefeitura do Recife.

Através de imagens enviadas ao WhatsApp da TV Globo, é possível ver que alguns alunos assistem a aulas na companhia dos guarda-chuvas. De acordo com o Sindicato dos Professores do Recife (Simpere), o caso ocorreu por conta das chuvas da segunda-feira (1º), previstas pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

“Muitas das escolas não têm manutenção. Normalmente a reclamação é durante o período de calor, mas, nos dias de chuva, a situação também é ruim. É vexatório e indignante para as crianças”, afirma a coordenadora geral do Simpere, Cláudia Ribeiro.

Resposta


Por meio de nota, a Secretaria de Educação do Recife informou que o problema foi resolvido um dia depois do ocorrido. Segundo o órgão, as telhas da escola foram deslocadas por causa das chuvas e foram recolocadas no luga

Postar um comentário

0 Comentários