BATE E VOLTA: Decepou mão da esposa, se apresentou, foi solto, voltou pro xilindró

Porto Velho, RO - Um dia depois de se apresentar na delegacia e ser liberado, o mototaxista e pastor evangélico Josemar Santos de Aguiar teve a prisão decretada pela justiça nesta terça-feira e já foi recolhido a um presídio de Porto Velho. No sábado, enciumado após descobrir mensagens de whatsapp no celular da esposa, Juliete Coutinho, de 28 anos, ele pegou um facão e decepou uma das mãos da mulher.

Na segunda-feira, Josemar, de 48 anos, se apresentou na Delegacia de Homicídios, foi encaminhado para a Delegacia da Mulher – por se tratar de crime de tentativa de feminicídio – e, como não havia nenhum mandado de prisão contra ele, foi liberado após ser ouvido. Nesta terça, por ordem judicial, foi recolhido ao xadrez.

O crime ocorreu na residência do casal na noite de sábado na rua Estrada da Areia Branca, no bairro do mesmo nome, na zona sul de Porto Velho.

Vizinhos socorreram a mulher, recolheram o membro amputado, colocaram numa sacola plástica e entregaram na UPA da região. Posteriormente, a mão foi entregue aos médicos, que não conseguiram reimplantá-la.

MULHER CONTINUA INTERNADA

Nesta terça-feira, Juliete Coutinho continuava internada no Hospital João Paulo II sem previsão de alta

oobservador

Postar um comentário

0 Comentários