AVENTURA DIÁRIA: Mato e lama dificultam acesso a ônibus, quando passa



Porto Velho, RO  - O sofrimento da comunidade portovelhense com a falta de infraestrutura básica é uma triste realidade da capital de Rondônia. Poeira no período de estiagem e lama durante a época de chuva, esgotos a céu aberto, mato e buracos nas vias públicas são alguns dos fatores que expõe a péssima qualidade de vida proporcionada pelo poder público à população.

Um registro feito pelo repórter William Ferreira “Homem do Tempo”, exprime a condição atual a qual o cidadão comum vem enfrentando ao utilizar serviços e espaços públicos. Existe um ponto de ônibus na rua União, entre as ruas Teodoro Lopes e Higienópolis, no Bairro São Francisco, na zona Leste, que está tomado por lama, mato e sujeira.


Imagem da rua União no bairro São Francisco | Foto: William Ferreira/Rondoniaovivo

A população padece esperando por transporte público se expondo ao sol, chuva, lixo e falta de segurança. Na foto que ilustra essa matéria, uma senhora e uma criança estão esperando pelo coletivo e são praticamente encobertos pelo mato.

Segundo a Prefeitura de Porto Velho, um serviço de infraestrutura vem sendo realizado continuamente nos bairros da capital.


rondoniaovivo

Postar um comentário

0 Comentários