LACROU E ARRASOU: Primeira dama causa alvoroço ao chegar para sessão solene no plenário da Câmara

Brasília, DF  - A primeira-dama do País, Michelle Bolsonaro, “causou furor”, na definição de um deputado, ao chegar no plenário da Câmara, na manhã desta quarta-feira (27), para participar da sessão solene em homenagem ao Dia Mundial das Doenças Raras, celebrado no dia 28, que marca também o lançamento de frente parlamentar sobre o tema. A iniciativa foi do deputado Diego Garcia (Pode-PR).

Michelle Bolsonaro é uma ativista em defesa de ações de apoio a portadores de necessidades especiais e fez questão de comparecer à sessão no plenário da Câmara dos Deputados, que também conta com a presença do ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde).

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, uma doença é definida como rara quando atinge até 65 pessoas a cada 100 mil indivíduos. Estima-se que existem quase oito mil doenças raras no mundo. No Brasil, segundo a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), essas doenças afetam em torno de 13 milhões de pessoas. Cerca de 80% é de origem genética, enquanto as demais têm causas infecciosas, virais ou degenerativas.

diariodopoder

Postar um comentário

0 Comentários