BOLA FORA: Município gasta R$ 400 mil em campo de futebol para servir de pastagem para animais

Teixeirópolis, RO - A falta de pudor de muitos gestores públicos não tem limite e quando o assunto é torrar recursos públicos a coisa fica sem controle e quem paga a conta são munícipes. O exemplo desde descaso é o pequeno município de Teixeiropolis localizado na região central do Estado com uma população segundo o Censo do IBGE tem 4.998 habitantes e que conta com pelo menos no papel com um moderno Estádio de futebol, apto até mesmo de receber jogos do capenga campeonato rondoniense de futebol, tudo seria mil maravilha se tudo isso fosse apenas mais uma das inúmeras mentiras plantadas pelos políticos que joga o jogo em cima da falta de memória do eleitor.

Corria o ano de 2013 e o então prefeito de Teixeirópolis Valdir Mendes de Castro, o popular Valdir do Posto, anunciava para em breve a inauguração do Estádio de futebol fruto de uma emenda parlamentar do ex-deputado federal Carlos Magno, na ordem de R$ 400 mil, via Ministério dos Esportes. Todo pomposo o então prefeito estufou os peitos e afirmou que a obra é digna de cidade grande e enumerou que o sistema de irrigação era igual ao do Estádio Engenhão do Rio do Janeiro, onde o Botafogo manda seus jogos a nível nacional e internacional. No valor montante de R$ 400 mil a prefeitura entrou com R$ 8 mil referente a contrapartida, dinheiro investido inclusive com iluminação pública, ficou faltando dar continuidade nas obras de construção de arquibancadas, pista lateral e vestuários o que fez a administração municipal na época pedi um aditivo no valor de R$ 100 mil para conclusão.

Passados quase 5 anos o local que jamais recebeu uma partida de futebol mesmo armadora é atualmente serve de pasto para gado e consumo de drogas e prostituição. O mato tomou de conta de toda área interna e externa, as traves estão encobertas pelo matagal, os refletores estão praticamente todos danificados pela ação de vândalos e o próprio tempo, o portão principal se encontra caído há mais de três anos segundo denunciou os moradores.

E o descaso continua com o atual prefeito Antônio Zotesso (PT), que foi eleito para o cargo pela terceira vez e com 1 ano e 4 meses de mandato ainda não demostrou qualquer interesse em concluir a obra ou pelo menos manter o local limpo. Enquanto isso a população pede uma posição por parte da Câmara municipal através dos vereadores que ainda não se manifestaram a cerca do fato preferindo o silêncio do que cobrar do Poder Executivo municipal uma solução para a obra com um detalhe desde o dia 27 de junho de 2014 todo montante de R$ 400 mil já foi liberado o que cabe uma fiscalização por parte do Ministério Público Federal – MPF por ser tratar de recursos financeiros via órgão federal. A reportagem procurou o prefeito do município ou responsável pelo setor para falar sobre o assunto, mas até o fechamento do material em tela não obteve retorno.

Detalhes do Convênio
Número do Convênio SIAFI: 766428 (Redireciona para o Portal Convênios – SICONV)

Situação: Prestação de Contas Aprovada
Nº Original: 75206/2011
Objeto do Convênio: Construção e Ampliação do Estádio de 

Futebol Municipal de Teixeiropolis.
Orgão Superior: MINISTERIO DO ESPORTE
Concedente: CEF/MINISTERIO DO ESPORTE
Convenente: MUNICIPIO DE TEIXEIROPOLIS
Valor Convênio: 400.000,00
Valor Liberado*: 400.000,00
Publicação: 16/01/2012
Início da Vigência: 31/12/2011
Fim da Vigência: 30/11/2014
Valor Contrapartida: 8.164,00
Data Última Liberação: 27/06/2014
Valor Última Liberação: 200.000,00

Data

04/03/2013 180006000012013OB800825 R$ 200.000,00

27/06/2014 180006000012014OB801225 R$ 200.000,00

ouropretoonline

Postar um comentário

0 Comentários