ELE NÃO, ALI BABÁ DE OURO, VIÚVA PORCINA; Esses e outros agraciados pelo jornalista Cláudio Humberto

Que ano foi este?! Foi o ano em que finalmente já não colou a surrada desculpa do “eu não sabia” ou de atribuir a “um amigo” as propriedades que acumulou como propina, e o ex-presidente Lula virou presidiário. Foi o ano em que nem mesmo uma facada tirou Jair Bolsonaro da vitória na disputa pela presidência da República. Ano em que a vereadora Marielle foi mais uma mulher assassinada no Brasil. O ano em que o Cabo Daciolo, com Deusxxx no discurso, atingiu a glória.
Sobrou opara todo mundo: clique aqui para ver, nesta edição, a tradicional premiação anual da coluna do jornalista Cláudio Humberto, na qual colaboram ainda os jornalistas André Brito e Tiago Vasconcelos.

Postar um comentário

0 Comentários