DOR DE DENTE: Conselho Regional de Odontologia está sob intervenção do CFO por desvio de R$ 500 milhões; vídeos e áudio

Porto Velho, RO = Desde o dia 5 de dezembro o Conselho Regional de Odontologia de Rondônia(CRO-RO) está sob intervenção do Conselho Federal de Odontologia(CFO) para apurar denúncias de desvio de recursos financeiros na ordem de R$ 600 mil dos cofres da entidade de classe. Mas o interventor ainda não assumiu. E nem se sabe quem será. Tudo está dependendo do CFO.

O presidente do CFO, Juliano do Vale, acolheu e encaminhou para o pleno do órgão, denúncia do vice-presidente José Marcelo Vargas Pinto, respondendo pela presidência após renúncia do titular, sobre ‘o mal-uso do recurso público do CRO-RO com fortes indícios de condutas inapropriadas na gestão desses recursos’. Em função disso, o plenário do CFO deliberou pela imediata intervenção.

O CFO designou uma diretoria provisória para proceder apuração de todos os fatos e realizar nova eleição no prazo de 180 dias. Juliano declarou que ‘não permitiremos que essas ações maculem a imagem do CFO e dos CROs’. E garantiu que ‘os responsáveis serão alcançados pela lei’.

Hailton Cavalcante dos Santos, o presidente afastado e denunciado, estava no segundo mandato à frente do CRO de Rondônia. Segundo informações iniciais, o desvio foi efetivado pelo presidente e por mais um membro do Conselho que utilizaram nomes de outros conselheiros para praticarem o crime.

Segundo Marcelo, Ailton assinou uma confissão do desvio da quantia vultosa dos cofres do CRO-RO.

Veja o vídeo do presidente do Conselho Federal de Odontologia.


Olhe também, outro vídeo do Dr. Marco Aurélio expondo sua indignação e conclamando a Polícia Federal e os órgãos de fiscalização.  

Ouça ainda, um áudio sobre o assunto. 

Noticiastudoaqui.com

Postar um comentário

0 Comentários