TAL PAI, TAL FILHA: Filha de deputado teria falsificado diploma para trabalhar como dentista


Um caso bizarro está sendo investigado pela Polícia Federal onde já foram ouvidos o ex-governador Confúcio Moura e pelo menos dois ex-secretários de Saúde do Estado sobre a contratação de uma suposta cirurgiã-dentista que chegou a atender pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Cacoal.

Antes disso, ela trabalhou na prefeitura de Seringueiras no ano 2014. Atualmente, Natielly Karllaily Balbino, filha do deputado federal Nilton Balbino,. mais conhecido como Nilton Capixaba (PTB-RO) está lotada na Sugespe, com salário de pouco mais de R$ 7 mil.

Natielly foi denunciada à Polícia Federal, que abriu inquérito para apurar o caso. Entre as testemunhas, o ex-governador Confúcio Moura, que já foi ouvido. O governo não quer se pronunciar sobre o caso.

O episódio já havia sido divulgado pela coluna PAINEL POLÍTICO, no início desta semana.
Conselho Regional

Em nota encaminhada nesta quarta-feira,14, o Secretário-Geral do Conselho Regional de Odontologia de Rondônia, José Marcelo Vargas Pinto confirmou que os documentos apresentados por Natielly ao CRO para obtenção do registro definitivo são falsos. Veja o documento que foi encaminhado respondendo a um questionamento do jornal Diário da Amazônia.
Natielly chegou a ser inscrita no Conselho Federal de Odontologia, sob o número RO-CD-2589, mas o mesmo já consta como “desativado”. A PAINEL POLÍTICO, o secretário confirmou a autenticidade do documento encaminhado ao jornal Diário da Amazônia. abaixo, a inscrição desativada de Natielly no CFO.
Veja abaixo, o histórico escolar, que segundo a faculdade, é falso
Se forem provadas as fraudes, ela poderá responder pelos crimes de falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos, improbidade e exercício ilegal de profissão.
Painel Politico

Postar um comentário

0 Comentários