Pesquisadora passa mal na Serra dos Pacaás Novos e é resgatada pelo NOA



Susto, apreensão, preocupação e um local no meio da mata com difícil acesso. O que parece roteiro de filme de aventura foi registrado na tarde hoje em Rondônia. A equipe de serviço do helicóptero do Núcleo de Operações Aéreas (NOA), da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec/RO) foi acionada nesta tarde, terça feira (06) para realizar uma missão de salvamento e resgate e o final da história foi feliz com êxito dos servidores das forças públicas de segurança.

Uma jovem que compunha uma equipe de pesquisadores, que se encontravam no Pico do Tracoá, na Serra dos Pacaás Novos veio a passar mal. Os membros da equipe preocupados fizeram contato com o Corpo de Bombeiros, pois a jovem não conseguiria fazer o percurso para retornar à cidade.




A equipe do NOA recebeu o chamado e deslocou para o local, que fica a 240 km de Porto Velho. O local é considerado de dificil acesso, pelo fato de possuir longo trecho de mata fechada e terreno irregular. É o ponto mais alto do Estado de Rondônia.

Os pesquisadores fizeram uma zona de pouso no meio da mata de forma improvisada e a aeronave Falcão 02, modelo Esquilo B2, que possui condições para este tipo de operação, realizou pouso para resgate da vítima.

Debilitada a jovem precisou de ajuda de amigos para chegar até o local de pouso e embarcar na aeronave. Em Porto Velho uma equipe do Corpo de Bombeiros já aguardava a jovem no aeroporto para prosseguir com os cuidados médicos e na sequência ela foi encaminhada a um hospital da capital.

Momento do resgate

Imagem aérea do local de difícil acesso na serra
Rondoniaovivo

Postar um comentário

0 Comentários