No tribunal mulher perdoa marido que a esfaqueou 46 vezes

Um caso de violência doméstica chocou juízes e também tem causado polêmica na Inglaterra. Shannon Barnard, de 21 anos, defendeu na corte o marido da acusação de tê-la esfaqueado 46 vezes.
Segundo o site inglês Metro, em janeiro, Shannon descobriu que o marido, de 25 anos, havia tido um caso. No dia seguinte, ele a acordou com uma faca na mão gritando “você tem que morrer” e a feriu com 14 facadas no peito, 10 no abdômen e mais 22 golpes em outras partes do corpo. Shannon chegou ao hospital com os dois pulmões perfurados e correu risco de vida por 17 dias. Na época, contou à polícia: “eu senti cada facada. Ele tentava se livrar dos meus braços para me esfaquear mais uma vez”.
No entanto, nesta semana, Shannon disse diante do juiz que perdoa o marido. “É claro que o perdoei. Quero apenas que nós dois fiquemos juntos e tenhamos a família que sonhamos”, falou. Ainda de acordo com o site, Shannon visita o marido, que foi condenado a 20 anos de prisão por tentativa de homicídio, duas vezes por semana.
    Fonte: Rondoniaovivo

Postar um comentário

0 Comentários