MAIS MÉDICO: 1º médico assume em Rondônia

Vilhena, RO  - Depois da saída de Cuba do Mais Médicos, a cidade de Vilhena (RO) recebeu nesta terça-feira (27) o 1° médico brasileiro contratado para a nova etapa do programa na cidade. Cliver Araújo dos Reis morava em Santa Catarina e foi contratado através do novo edital do Ministério da Saúde, aberto neste mês de novembro para ocupar as vagas dos cubanos.

Durante a manhã, o novo médico se apresentou na Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e assinou os documentos que garantem a participação dele no Mais Médicos.

Em entrevista à Rede Amazônica, Cliver contou que se formou há dois anos na Bolívia e fez a revalidação do diploma no Brasil. Ele escolheu trabalhar em Vilhena para trabalhar perto da família.

"Depois que me formei o mercado para médicos estava difícil em Rondônia, há dois anos. Aí fui para Santa Catarina. Sempre pesou ficar longe da família e agora decidi voltar, com a abertura das vagas no Mais Médico", afirma.

Médico Cliver voltou Rondônia para ficar perto da família — Foto: Jean Carlos/Rede Amazônica

Segundo o médico, ele já está arrumando a mudança e, provávelmente, até o final de semana deve começar a trabalhar na atenção básica de saúde em Vilhena.

"Ainda não sei o posto que vou atuar, mas estou ansioso para começar", afirma.

Médicos em Vilhena

Segundo o Ministério da Saúde, para Vilhena foram ofertadas nove vagas. A seleção de novos médicos continua e os outros oito profissionais devem se apresentar na cidade nos próximos dias.

As inscrições para este novo edital podem ser feitas até o dia 7 de setembro, através do site do Ministério da Saúde.

Além de Vilhena, as cidades de Cone Sul como Cabixi, Chupinguaia, Corumbiara e Cerejeiras também devem receber novos profissionais.

O salário para quem for escolhido é de R$ 11.800. Podem se candidatar às vagas os médicos brasileiros com CRM brasileiro ou com diploma revalidado.

As inscrições vão até o dia 7 de dezembro pelo site http://maismedicos.gov.br/, que chegou a apresentar instabilidade nos primeiros dias de abertura para cadastramento.

Postar um comentário

0 Comentários