Idoso fica pelado pra entrar em banco; aposentado usa prótese metálica no joelho

Rio de Janeiro, RJ  - Um aposentado de 63 anos passou por um constrangimento enorme quando tentava entrar numa agência bancária, em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, na sexta-feira (9). Ele não conseguia passar pela porta giratória e chegou a ficar de cueca na frente de outros clientes.

"Foi humilhante", diz o metalúrgico aposentado João Batista Costa. "A gente paga imposto, é pessoa de bem, mas é tratada como se fosse da pior espécie", indigna-se. "E ainda me trataram com ironia."

O vídeo começou a ser gravado quando o idoso já estava sem camisa. O incidente durou quase dez minutos e formou fila de clientes indignados e constrangidos.

Antes de tentar passar pela barreira, o aposentado explicara aos seguranças que tem implantes com próteses metálicas nos dois joelhos - razão pela qual precisa de muletas. Os acessórios já tinham sido deixados de lado na agência.

O aposentado tentou de todos os jeitos mostrar que não carregava nada de metal. "Mas um vigilante disse que não era nada disso, que eu tinha alguma coisa no bolso", lembra João.

Quem estava na fila começou a gravar porque ficou indignado com o constrangimento que o aposentado estava passando.

“Já passou a muleta do homem e não deixam ele passar”, criticava um cliente. As imagens, pela segunda vez, mostram seu João Batista tirando a bermuda.

Ele sai da porta giratória e deixa a roupa no local onde os clientes devem colocar apenas itens de metal, como chaves, celular e moedas.

Lei estadual de 1999 estabelece a obrigatoriedade de instalação de portas de segurança nas agências bancárias. O texto diz que as instituições financeiras são obrigadas a manter uma porta auxiliar junto às de segurança para garantir o acesso de pessoas com deficiência, obesos, gestantes, idosos e pessoas com dificuldade de locomoção.

Tudo isso aconteceu em uma agência do banco Santander. O vídeo, que viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira (12), mostra quando o idoso veste a roupa novamente e consegue passar pela porta giratória.

Em nota, o Santander disse que lamenta o ocorrido e que adotou medidas para evitar que novos episódios ocorram. "A instituição lamenta profundamente o episódio e informa ter adotado providências para apurar o ocorrido e, desta forma, assegurar que nenhum caso de desrespeito ao cliente ocorra em qualquer uma de suas agências."

Postar um comentário

0 Comentários